segunda-feira, setembro 17, 2012

INOVAÇÃO NA ROTUNDOMANIA

Que todo o presidente de câmara que se preza mandava fazer sempre duas ou três rotundas, já se sabia.
São muito jeitosas as rotundas : põe-se uma relva e uns pedregulhos à volta, e, no meio, um mamarracho qualquer e já está dado o ar de cidade evoluida.
Vimos agora, em Lisboa, uma "nuance" dessa rotundomania : aproveitar uma rotunda grande ... e fazer duas !!
Brilhante : se a moda pega, já viram o potencial por explorar no país inteiro ?
Enfim, não sejamos mauzinhos : a ideia em Lisboa foi forçada pela horrorosa poluição do ar, ao que parece. Só que ainda não percebi como é que estas novas duas rotundas vão melhorar a qualidade do ar. No primeiro dia, pelo menos, acho que a qualidade do ar piorou a olhos vistos, com a tremenda acumulação de carros dentro da rotunda exterior. Bem, para ser verdadeiro, acho que enquanto do anterior passavam na rotunda uns largos milhares de carros por dia, com a consequente poluição, agora passaram muito menos, sim. Passaram menos mas permaneceram dentro da rotunda pelo triplo do tempo !! Contas feitas, não sei o que seja melhor. Dentro da rotunda interior, pelo contrário, apenas meia dúzia de carros ... Não admira, aquela rotunda interior é uma ratoeira, não dá para ir para lado nenhum ...
No fundo, a arma secreta de António Costa, presidente da Câmara de Lisboa, deve ser essa : fazer uma coisa tão abstruza, tão complicada, que as pessoas evitem lá passar com medo de se perder e passar o resto das suas vidas a olhar para o Marquês !
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário