quarta-feira, março 06, 2013

A FRANÇA DE VICHY

A França capitulou perante Hitler em Junho de 1940, assinando a rendição, pela França, um militar, o Marechal Pétain.
Os alemães apoderaram-se de todo o norte do país, zona que mais lhes interessava, em termos estratégicos e económicos. Quanto ao sul do país, entregaram a sua administração a Pétain, que formou um governo pseudo-livre francês com sede em Vichy.
Era um governo de um país ocupado. Pétain pautava a sua acção de acordo com todos os desejos dos alemães, de uma forma autoritária e de carácter nazi-fascita.
Por exemplo, entregava sem piedade aos alemães todos os franceses sobre os quais incidiam suspeitas de serem judeus.
Um excelente discípulo de Hitler, portanto. Um francês cuja vocação era servir os alemães e que se estava nas tintas para os problemas e necessidades dos seus compatriotas, os franceses.
Não queria massacrá-los com estas histórias abomináveis de franceses e alemães em tempos da Segunda Guerra. Apenas o faço para vos dar a justificação da minha afirmação de hoje : o actual governo português é uma espécie de governo de Vichy, embora com sede em Lisboa. Toda a sua estratégia e actuação prática tem por origem outros centros de poder, a Europa, a Alemanha, mas nunca o povo português. É um governo de um país sob ocupação estrangeira, a troika, e apenas projecta e executa de acordo com a vontade da potência ocupante. Nunca lhes passa pela cabeça protestar ou fazer valer as necessidades do povo português, bem patentes pela miséria social crescente. Não, tudo ao gosto dos ocupantes, nada que os faça irritar connosco.
Alguns leitores acharão que exagero nesta afirmação. A esses peço-lhes que pensem, sem preconceitos, e vejam onde e quando este governo se dignou representar verdadeiramente o povo que o elegeu e os seus anseios. Digam-me, quando ? Depois, vejam como se comportam sempre com os "invasores" : sorrisos, mesuras, salamaleques ... Depois de pensar bem, digam-me lá então se temos ou não o governo de Vichy ?
Ah, é verdade, deixem-me que vos dê só mais uma informação : quando os aliados desembarcaram na Normandia e libertaram a França, o governo de Vichy foi considerado uma traição à França. O Marechal Pétain foi julgado e condenado à morte por alta traição à Pátria, sendo esta pena comutada mais tarde em prisão perpétua.
Pedaços de História muito elucidativos, em meu entender.

PS1 - afinal, porquê todas estas exigências e não pode fazer isto nem sonhar em fazer aquilo que a troika nos dita ? Bolas, eles nem sequer nos ganharam militarmente. Apenas nos emprestaram dinheiro - e com juros, caramba. Porque havemos de ser tão subservientes ? Porque rastejamos tanto ?

PS2 - para quando está previsto o dia D ? Quando é o desembarque dos aliados ? Ou quando é que atiramos algum "ocupante" de uma qualquer varanda abaixo ?

.


Sem comentários:

Enviar um comentário